.: Projetos Aldeias Vigilantes .:: Uma nova abordagem no combvate a biopirtaria e na proteção dos conhecimentos tradicionais .::
 
 
 
 

Untitled Document
 
 

.....A Amazônia é a região com a maior biodiversidade do planeta, além disso, possui uma grande diversidade de populações que tradicionalmente conhecem e utilizam as potencialidades da biodiversidade.

.....Os acessos a essas riquezas muitas vezes ocorrem de forma repreensível e antiética.

.....Os interesses na apropriação e monopolização sobre os recursos naturais do planeta, em especial da Amazônia, afetam diretamente a forma de viver das comunidades, desrespeitam as culturas e conhecimentos tradicionais, e prejudicam o espírito de sustentabilidade como forma de manutenção de vida dessas comunidades.

.....Como grandes conhecedores dos segredos da Biodiversidade, os Povos Indígenas são um dos principais alvos de assédio da bioindústria interessada apenas nos resultados econômicos em detrimento da Cultura, do Saber e do Respeito à Diversidade desses Povos, desrespeitando os princípios da CDB..
A Convenção sobre a Diversidade Biológica - CDB

.....Na tentativa de reparar essas lesões frente às comunidades tradicionais, a CDB ocorrida em 92 no Rio de Janeiro - Brasil e assinada por mais de 150 países, estabeleceu alguns princípios que devem ser seguidos para se ter o acesso aos recursos biológicos e conhecimentos tradicionais. São eles, entre outros:

  • Consentimento Prévio Informado;
  • Contrato de Acesso;
  • Repartição de Benefícios;

.....No Brasil a Medida Provisória nº. 2.186/2001 atualmente regula o acesso aos recursos genéticos e aos conhecimentos tradicionais.

.....O termo "biopirataria” foi lançado em 1993 pela ONG RAFI (hoje ETC-Group) para alertar sobre o fato que recursos biológicos e conhecimento indígena estavam sendo apanhados e patenteados por empresas multinacionais e instituições cientificas e que as comunidades que durante séculos usam estes recursos e geraram estes conhecimentos, não estão participando nos lucros.
.: Projeto Aldeias Vigilantes .: